Follow by Email

quarta-feira, 15 de junho de 2011

O Campo de Santana pede SOCORRO!






Campo de Santana

(ou Praça da República)


Maior área verde do Centro, oferece ampla área arborizada, com bancos e banheiros (feminino e masculino), com esculturas históricas.
Pavão

Campo de Santana é muito procurado para passeios, descanso e contemplação, pois o visitante pode desfrutar de toda sua beleza, mesmo em meio ao movimento do centro da cidade.

Cascata do Campo de Santana



Jardim histórico composto por gruta com cascata, lagos, pontes e árvores centenárias. 
........................................................................
Atualmente, o porte majestoso das figueiras seculares, com raízes torcidas e trabalhadas pela própria natureza, fazem do Campo de Santana um oásis de tranquilidade no movimentado centro comercial do Rio. No Campo de Santana está situada a sede da Fundação Parques e Jardins.


Tendo como vizinhos o Comando Militar do Leste, o quartel do Comando Geral do Corpo de Bombeiros, a Faculdade de Direito da UFRJ, o Hospital Municipal  Souza Aguiar e o Tribunal de Contas do Rio de Janeiro, dentre outros, era de se esperar que a segurança oferecida ao cidadãos que ali transitam, seja para simplesmente atravessar o Campo, seja para buscar um local de lazer ou mesmo para alimentar os animais que ali vivem, fosse ao menos a mínima esperada.

Mas ao contrário, o que vamos encontrar naquele local são traficantes, usuários de drogas, mendigos por todos os lados, população de rua fazendo do Campo seu quintal. 

Bancos disponíveis para apreciar a "bela paisagem"? Não há. Estão ocupados pelos usuários de drogas em "suas viagens" ou servindo de camas para moradores de rua. Os mesmos que tomam banho nos lagos, defecam e urinam nas alamedas e ameaçam a quem reclama.

Sexo? É livre, em qualquer cantinho.

Drogas? Vai um de 5 ou de 10?

A limpeza é precária, lixo se acumula em todas as áreas do outrora belo Campo. E olha que lá fica a sede da Fundação Parques e Jardins. (Hoje, a Fundação Parques e Jardins – FPJ é responsável pela administração dos parques....em http://www0.rio.rj.gov.br/fpj/).



Lá também são abandonados dezenas de gatos, todos os dias. 


Diante da omissão do Estado em suas responsabilidades legais, estes animais são cuidados por abnegados voluntários que dedicam parte de seus dias a alimentar, medicar, castrar e encaminhar para adoções esses pequenos seres que ali são descartados.



Mas até o trabalho voluntário está ameaçado.



Diante da recusa dos voluntários em deixar-se amendrontar pelos vândalos do local as agressões estão sendo dirigidas aos animais: gatos degolados, animais com o ânus resgado e animais chutados são exemplos da rotina violenta que se instalou naquele local. 

Isso sem contar os assaltos, ameaças físicas e furto de bolsas e tudo mais que estiver em suas mãos.

Não há segurança para ninguém dentro do Campo de Santana. Nem para humanos e tampouco para os animais. 

A desordem lá é tão grande que os próprios funcionários do Parque alertam para que os voluntários não usem máquinas fotográficas, tenham cuidado com seus pertences e não andem em determinadas áreas.

O Campo de Santana não pertence mais ao Povo, pertence aos bandidos.

O Campo de Santana pede SOCORRO!

Com a palavra, nosso Prefeito, Sr Eduardo Paes...