Follow by Email

quinta-feira, 26 de julho de 2012

Gatos do Jardim pedem ajuda


Porque ajudar vale a pena !!

Gatos do Jardim do Méier pedem ajuda !!



Contatos com Gê Scalabrini - 8436-9920


Comunidade no Facebook:
http://www.facebook.com/groups/156064231130929/



Rinotraqueíte

Rinotraqueíte


Rinotraqueíte Viral Felina é causada por um herpevíruse e é altamente contagiosa, sendo responsável por 40 - 45% das infecções respiratórias felinas. Os primeiros sinais da doença são espirros, febre, rinite e salivação. Uma descarga nasal e ocular inicialmente serosa que rapidamente transforma-se em mucopurulenta é típica da doença. Após temos anorexia, depressão e pêlos ásperos. A taxa de mortalidade entre os filhotes afetados pela doença pode chegar a 50 - 60%. 



Já a “Gripe dos Gatos” é também causada por diferentes vírus e bactérias responsáveis por um conjunto de sintomas definidos na medicina veterinária como Complexo Respiratório dos Felinos. Os agentes infecciosos freqüentemente envolvidos são os vírus da Rinotraqueíte Felina e da Calicivirose Felina, assim como uma bactéria chamadaChlamydia psittaci. E, embora, cada um desses agentes provoque alterações próprias no organismo do gato, os sintomas comuns são semelhantes aos da gripe canina: corrimentos nasal e ocular, dificuldade para respirar, espirros, tosse, perda de apetite e febre. Também pode evoluir para uma pneumonia e nos animais com sua resistência comprometida, levar à morte. 


Cuidados de manejo devem ser tomados nesta época do ano, quando o clima seco e frio do inverno favorece o aparecimento e a disseminação das doenças respiratórias. Deve-se, por exemplo, evitar a exposição do seu gato em locais de aglomeração de animais, tais como parques, canis, feiras de animais, praças, abrigos e lojas de animais. Sempre que possível, fazer a vacinação anti-rábica em consultório particular (onde o atendimento é individual e o custo da vacina não é alto). Deve-se, também, manter o animal protegido do frio, das correntes de vento e da umidade. Diminua a freqüência dos banhos e evite fazê-lo nos dias frios. É aconselhável providenciar roupas próprias para aquecê-los nos dias mais frios.
Entretanto, a maneira mais eficaz de proteger os gatos da gripe é a vacinação anual. Os gatos devem ser protegidos contra o complexo respiratório felino através da vacina quíntupla felina que, além dos três agentes citados, protege também contra a Panleucopenia Felina e contra a Leucemia Felina. Essa vacina deve ser aplicada aos dois meses de idade, reforçada aos três e aos quatro meses, e depois, anualmente.

Se o seu gato ainda não está protegido contra a gripe, vacine-o(s) o mais rapidamente possível. Por outro lado, se ele já apresenta alguns dos sintomas descritos, leve-o imediatamente ao veterinário.
Esse vírus tem preferência pelas mucosas nasais, traquéia e conjuntiva ocular, caracterizando os sintomas respiratórios e oculares. A infecção ocorre por contato de gatos não vacinados com gatos doentes ou secreções no ambiente. A vacinação é eficaz na prevenção da doença. 


O Herpesvirus não é eliminado do organismo do animal após o contato. Assim sendo, o gato não vacinado será um portador definitivo do vírus. Isto quer dizer que se o gato portador passar por um período de estresse ou queda de resistência, o Herpesvirus poderá voltar a se manifestar, causando os sintomas respiratórios característicos: secreção ocular (conjuntivite), secreção nasal, espirros, tosse. Pode ocorrer pneumonia com a persistência dos sintomas.


A gata pode transmitir a doença aos filhotes em caso de grande estresse na época do desmame. Isso pode ser impedido vacinando a gata anualmente com a vacina quádrupla ou preferencialmente, a quíntupla felina, certificando-se que a vacina não irá vencer durante o período de gestação ou aleitamento dos filhotes (a gata que está bem vacinada transmite anticorpos aos filhotes através do leite). Outra coisa muito importante é fornecer alimentação de alta qualidade para a gata no final da gestação e todo o período de aleitamento dos gatinhos, com a finalidade de proporcionar à ela e aos filhotes o aporte de nutrientes necessário, sem que haja debilitação da saúde da gata e dos filhotes. A gata emagrece muito durante o aleitamento, praticamente tudo o que ela ingere é transformado em leite para os filhotes, portanto se ela ficar debilitada, o vírus pode voltar a atacar.
Quando o inverno chegar não deixe a gripe pegar seus gatinhos! 

Fotos: Gatinhos resgatados no Jardim do Méier
( http://www.facebook.com/groups/156064231130929/ )

Fonte: Dr. Amilcar Silva Jr. CRMV - SP nº 5.036

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Prêmio TOPBLOG 2012

Este ano fomos convidadas a participar do Prêmio TOPBLOG 2012.

Você já votou? Não?

Então vote!



Campanha de Adoção de Cães e Gatos 28 de julho de 2012

 Próximo Sábado
28 DE JULHO DE 2012
Campanha de Adoção de Cães e Gatos 
LARGO DO MACHADO - RJ

Ajudem nossos animais. Doem um quilo de ração, uma lata de comida pastosa, uma caixa e vermífugo.

Para você isso não é nada mas para eles faz muita diferença.


Venham conhecer nosso trabalho.
Divulguem nossos eventos de Adoção.

Vamos mudar o mundo se mudarmos o nosso mundo!


quarta-feira, 11 de julho de 2012

Campanha de Adoção de Cães e Gatos 14 de julho de 2012

Sábado
14 de julho 2012
Largo do Machado - RJ

Campanha de adoção de Cães e Gatos

Lindos, charmosos, sapecas e brincalhões

Venha adotar seu melhor Amigo!!


Compartilhe nosso Evento com seus amigos.

Levem suas doações para os Peludinhos

O inverno já chegou, muitos animais não tem abrigo suficiente e uma toalha usada pode fazer toda a diferença




sexta-feira, 6 de julho de 2012

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Campanha de Adoção - 7 de Julho - RJ

Amigos, sejam solidários e divulguem nossos Eventos de Adoção!

Próximo sábado, 07 de julho
Largo do Machado


das 10.00h às 18.00h






E se você não pode adotar,
Pode ajudar:


Doe:


Ração, seca e úmida (latinhas) para cães e gatos, adultos e filhotes;


Panos, toalhas, lençóis e cobertores usados. 


Medicamentos Humanos: Amoxicilina, Amoxicilina com clavulanato, Doxiciclina, Prednisona, Terramicina pomada oftálmica (ou Epitezan)


Medicamentos Veterinários: Enrofloxacina (Baytril, Flotril, Duotril), Pentabióticos, Capstar, Vermífugos, Maxican


Divulguem nossa Campanha entre seus amigos, você certamente tem um que está procurando 
por um amigo!



As Saras vão estar nesta Campanha!!



Animais fotografados para ajudar





Casa Saúde Animal promoveu uma sessão fotográfica solidária, em que os donos tiravam uma fotografia com os seus animais em troca de um donativo para ajudar uma associação.

Os dotes fotogénicos dos “amigos de quatro patas” foram postos à prova numa sessão fotográfica promovida pela clínica veterinária Casa Saúde Animal. Cães e gatos posaram sós ou com os respetivos donos para uma iniciativa solidária. Em troca da fotografia, os participantes tinham que contribuir com a doação de ração e um donativo monetário para colmatar a falta de recursos da Associação dos Amigos dos Animais de Santo Tirso.

Como boa colaboradora, a Casa Saúde Animal deu o exemplo e lançou o desafio a quem tem animais: guardarem uma recordação fotográfica dos companheiros animais. Tirando a dificuldade de, às vezes, sossegar os mais rebeldes, a verdade é que todos os modelos de quatro patas se portaram como verdadeiros profissionais. Foram fotografados 36 animais, entre os quais um coelho.

No entanto, a vertente solidária era a mais importante e segundo Daniela Barros, proprietária da clínica veterinária, teve um balanço “muito positivo”. Foram doados 50 quilos de ração e 50 euros em dinheiro, que vão ajudar os animais sem dono, que a associação acolhe.

Com o sucesso da sessão fotográfica, Daniela Barros já pensa em repeti-la, mas ao ar livre. Pode ver todas as fotos no Facebook da Casa Saúde Animal.


Fonte:http://www.onoticiasdatrofa.pt/

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Como Encontrar um Gato Perdido



As dicas são interessantes.
Mas não consideramos normal ou aceitável gatos com acesso à rua.
Gato seguro é gato dentro de casa. Ah, cuidado com coleiras em gatos!! Existem modelos especiais, que usam um elástico tipo lastex, para unir dois pedaços de forma que, caso o gato fique preso pela coleira, o elástico rompe e permite que o animal se liberte. Muitos petshops vendem coleiras de material elástico mas sem a emenda de segurança. 






Como Encontrar um Gato Perdido


Algumas vezes, os gatos saem para um simples passeio, o que causa preocupação em seus donos. Apesar de esta ser uma situação estressante, existem maneiras eficientes de fazer seu amigo peludo voltar para casa em segurança.

Passos
Fique calmo. Gatos são criaturas curiosas e ativas, e não é raro um gato sair de casa de vez em quando. É bem possível que seu gato esteja por perto, mas se ele estiver perdido ou em apuros, entrar em pânico não vai ajudar em nada e vai reduzir suas chances de encontrar o felino.

Reveja seus passos. 

Pense qual foi a última vez que você viu seu gato e repasse o que ocorreu desde então. Você abriu alguma porta? Alguma porta que estava aberta para um cômodo sem saída foi fechada? Pergunte para as pessoas da casa, assim como para os vizinhos, qual foi a última vez que viram seu gato.


Reduza o campo de busca. 
Olhe em todas as áreas onde o gato foi visto anteriormente. É importante ver os esconderijos. Quando gatos estão em lugares desconhecidos, eles normalmente ficam assustados e se escondem. Se estiver procurando do lado de fora da casa, veja embaixo de carros ou outros esconderijos, como embaixo de churrasqueiras e grades. Infelizmente, algumas vezes, o gato pode entrar por baixo do carro e dentro do motor. Gatos são notórios também por subir em árvores e não conseguirem descer. Dentro de casa, veja embaixo das camas ou dentro de caixas e outros objetos acessíveis. Você pode querer procurar também em lugares mais inusitados, como a secadora e a máquina de lavar roupas, a geladeira, etc.

Chame pelo gato.
Tente incentivá-lo a sair de seu esconderijo ou voltar para casa chamando ele e oferecendo sua comida favorita. Se seu gato está acostumado a sair de casa, e é possível que ele esteja solto, coloque sua comida favorita em um pote do lado de fora da casa. Faça barulhos que normalmente atraem o gato para perto de você, como chacoalhar o pacote de biscoitos ou assoviar. Mas tenha em mente que gatos em situações de estresse podem não responder ao chamado.

Pare para escutar regularmente.
Um gato aprisionado, ferido ou com fome provavelmente vai miar para chamar sua atenção; enquanto procura, pare regularmente para escutar em cada área em que estiver procurando. Tente escutar o miado do gato lhe chamando, que pode estar abafado por obstáculos no caminho.

Chame a cavalaria.
Chame seus amigos para ajudar a aumentar a busca. Com mais pessoas procurando, você aumenta a chance de encontrar algum rastro do gato. Tenha certeza de avisar a todos que caso alguém o encontre, esta pessoa não deve fazer movimentos bruscos, sob risco de afugentá-lo. É melhor que o dono se aproxime do gato, especialmente se ele tiver um comportamento arisco.

Contate a Sociedade Protetora dos Animais ou os órgãos responsáveis, como o departamento de Zoonoses. Normalmente, se uma pessoa encontra um animal perdido, ela pode contatar um pet shop ou o abrigo de animais local. Ligue para estes lugares e pergunte sobre seu animal, informando a eles todos os detalhes (cor, raça, sexo, idade e seu telefone para contato). Retorne a cada 2 dias até que o gato seja encontrado, pois os abrigos têm diversos animais e pode ser difícil comparar todos com a descrição fornecida.



Anuncie na vizinhança.

Coloque cartazes e distribua folhetos na sua vizinhança. Se o seu gato estiver desaparecido por algumas horas, fale com os vizinhos e imprima folhetos para colocar em suas caixas de correio. Coloque seu nome, telefone e, se possível, uma foto do bichano no folheto. Se seus vizinhos estiverem cientes de que seu gato está desaparecido, eles irão entrar em contato caso o avistem. Coloque informações importantes, como a dieta do seu gato, se ele tem algum problema de saúde, etc. É melhor colocar o maior número de folhetos possível em um raio de 2 km da sua casa.

Dicas
Todas as pessoas envolvidas na busca devem ter um celular ou um rádio (para ficar em contato uns com os outros e avisar caso o gato seja visto ou encontrado) e uma lanterna para olhar nos cantos escuros, até mesmo de dia.

No caso de gatos machos, é muito comum que saiam de casa e não voltem. Eles começam se ausentando por horas, dias e até semanas, e depois de uma escapulida, não retornam mais. Esse comportamento instintivo dos gatos pode ser abrandado ou até totalmente alterado com a castração do animal.
Verifique os anúncios no jornal e tente colocar um anúncio sobre seu gato perdido.


Não se desencoraje

A maioria dos gatos eventualmente volta para casa.
Tome medidas para prevenir este tipo de ocorrência. Se seu gato vive dentro de casa, tenha certeza de que não há janelas ou portas abertas por longos períodos de tempo. Coloque uma coleira no seu gato com o telefone e endereço para contato, se existe uma chance dele ir para fora de casa. Você pode também implantar um microchip com informações sobre seu animal. Organizações de cuidados com animais podem lhe orientar sobre como fazê-lo.

Avisos
Cuidado com golpes. Existem pessoas que irão tentar faturar uma recompensa por animais perdidos, ou até fazer coisas piores; portanto, nunca dê seu endereço para estranhos, não vá a um encontro marcado com um estranho sozinho e nem dê dinheiro a eles por qualquer razão, sem ter certeza do que está fazendo.

Infelizmente, seu gato pode ter sido atropelado enquanto cruzava uma rua. Se você suspeitar, pode entrar em contato com o serviço de limpeza urbana (ou de manutenção de ruas) de sua cidade, para verificar se algum corpo de gato que bata com sua descrição foi encontrado na rua.


Fonte: http://pt.wikihow.com




Agradecemos a todos que nos ajudaram em nosso
Evento de Adoção no dia 30 de julho, 
no Largo do Machado. 

Cada um de vocês é responsável pela adoção de um Peludinho, obrigada. 

Agradecemos também a todos que nos mandaram doações, obrigada. 

Nossa próxima Campanha já está sendo preparada, dia 07 de julho, próximo sábado, 
Largo do Machado, das 10.00h às 18.00h 


E aguardem novidades!!! 

Recebemos um convite de um PetShop na Tijuca (ebaaaa) para mais uma parceria nas 
Campanhas de adoções. 

Mais um local onde vocês poderão adotar, levar suas doações, conhecer nossos amiguinhos que 
aguardam por um Lar! 


Abraços 


Patas e Patas.