Follow by Email

sábado, 3 de setembro de 2011

Hospital Veterinário cria casco de resina para jabuti queimado

Foto divulgação

Profissionais do Hospital Veterinário de Uberaba criaram um casco artificial para um jabuti adulto que teve 95% do corpo queimado. De acordo com professor e médico veterinário Cláudio Yudi, foi usada resina plástica, a mesma utilizada por dentistas, para montar uma nova carapaça. Foi mais de um ano de adaptação e agora o jabuti terá alta.

Além da carapaça original destruída, o animal teve também queimaduras nas patas e, segundo o médico, somente a cabeça ficou protegida. “Quando o jabuti chegou aqui, mais parecia um ‘carvãozinho’, com queimaduras de até segundo grau. Ele teve de ficar um mês internado, depois voltava mensalmente para avaliações. Começamos o tratamento, mas poucos acreditavam que seria possível criar uma nova casca”, afirma Yudi.

Segundo Yudi, foi montando a carapaça artificial aos poucos, ao mesmo tempo em que caía a original, colava a resina, entretanto, ele explica que os danos precisam de certos cuidados, pois caso tenha uma rachadura, existe a possibilidade de infecção. “A casca é semelhante à original na resistência, mas não substitui a natural, que é melhor, mas dará bem-estar ao animal para que tenha uma vida normal”, explica.

Será necessário acompanhar o desenvolvimento do jabuti, pois ele tem apenas oito anos e o tempo de vida pode chegar a 80 anos, portanto, é possível que a casca sofra rachaduras. “Esta é a primeira vez que faço um serviço como este, às vezes aparecem no Hospital Veterinário animais com fraturas, mas 100% do corpo, essa foi a primeira vez!”, finaliza.