Follow by Email

domingo, 25 de setembro de 2011

Ela mantém 700 gatos em sua casa e diz que é só o começo







Ela ficou conhecida como a "Louca dos Gatos", mas não acredita que seja maluca, apenas excêntrica. Lynea Lattanzio tem de cerca de 700 gatos em sua casa, nos arredores de Fresno, na Califórnia, cuida dos bichinhos doentes, fica com aqueles que perderam seus donos e dá muito amor a todos eles.
The Cat House, que abriga cerca de 700 gatos, na Califórnia, todos aos cuidados de Lynea 

“Eu não sou louca, apenas o que eu faço é uma loucura. Eu prefiro dizer que sou excêntrica ou masoquista. É a mesma coisa, mas é uma forma mais agradável de dizer”, brinca Lynea.

A empreitada começou em 1981 quando ela se divorciou do marido, os gatinhos foram chegando à sua casa e ficando. Ela, que foi proibida de ter felinos quando era criança, pois sua mãe não era muito amiga dos peludos, acabou criando uma espécie de santuário para os bichinhos: são 12 hectares de propriedade inteiramente dedicados a eles.

Por semana são gastos cerca de US$ 40 mil – o que dá mais de US$ 5 mil por dia – em comida, remédios e tudo o mais que for necessário para manter os amigos peludos. Ela mantém a casa com ajuda de uma equipe de voluntários e doações.

A chamada “The Cat House” se tornou referencia na facilitação de adoção de animais e ainda oferece serviços de esterilização e castração com preços camaradas. Lá também é mantida uma espécie de creche para os filhotinhos, casa de repouso para os idosos e uma unidade de terapia intensiva.

Segundo Lynea em entrevista ao Mail Online, a maioria dos gatos que chegam até ela vem deNova York. As histórias são sempre muito parecidas: seus donos decidem que seus apartamentos estão pequenos demais para eles e o bichano, logo, se desfazem do animal de estimação. 

Como se não fosse suficiente o barulho de miados o dia todo, Lynea resolveu ampliar “sua área de atuação”: The Cat House há pouco tempo passou a ter cães também. Já são 15 e ela diz que este é apenas o começo. É muito provável que em breve ela deixe de ser apenas a “louca dos gatos” e passe a ser “a louca do reino animal de quatro patas”.