Follow by Email

sábado, 8 de janeiro de 2011

Cuidado com as dicas !!

Cuidado com as dicas !!
por Dennis Martin





foto: classroomclipart


Hoje em dia tem-se acesso a uma variedade de informações vindas de uma variedade de locais. Adestramento não é exceção, diariamente se sabe de dicas na media (TV, radio, jornais, e revistas), sites da internet "especializados", e até de desconhecidos na praça.

Sabemos que na internet devemos ter muito cuidado com o que baixamos no nosso computador, pois o risco de pegar um vírus é muito grande.

Por este motivo somos avisados para somente baixar anexos em e-mails, por exemplo, vindos de fontes conhecidos, e confiáveis
Eu acredito que devemos aplicar este mesmo critério, "baixando" apenas dicas de fontes confiáveis e de pessoas que conhecem nosso cão, visando o bem dele.

A tentação é muito grande, de aplicar metodologias de correção comportamental em cães, vistas por exemplo na TV. Cesar Millan (O Encantador de Cães), Victoria Stillwell, e nosso Alexandre Rossi (Dr. Pet) daqui do Brasil, semanalmente mostram formas de tratar problemas comportamentais dos mais variados na telinha. 

Eu não discuto aqui o que fazem, pois sei (e eles também sabem) que cada cão é um ser individual, e antes de colocarem em prática qualquer método, já levaram em consideração o animal, o indivíduo, que esta adiante deles.

As reuniões em praças e parques entre proprietários de cães não raramente são uma fonte para se ouvir "dicas" para resolver isto ou aquilo.

Meu ponto aqui, tanto com estas dicas, como com aquelas que vemos na TV, é que o seu cão pode ser da mesma raça, idade, até da mesma cor do cão que esta sendo usado como exemplo para a solução de um problema, mas é preciso entender que ele não é o mesmo individuo.

O seu cão pode até ser da mesma ninhada, ele continua sendo um cão diferente!


O que pode ser bom para um cão, pode ser péssimo para outro. Lembre-se apenas do seguinte, você pode achar que resolveu um problema, mas será que você não criou outro? As chances de que sim, são muito grandes!

Cuidado com métodos que se baseiam em aversão, biribas, barulhos criados por panelas, garrafinhas com pedrinhas, e até extintores de incêndio. Os danos colaterais podem ser grandes, e muito mais difíceis de corrigir.

A verdade é que muitos cães hoje em dia acabam na rua abandonados, por que alguém utilizou métodos errados com ele. 

Então a dica deste mês visa salvar cães de abusos de metodologias aplicadas de forma errada e irresponsável.

Cuidado com as dicas!!



Dennis Martin - AMBIPDT
Colunista do site GREEPET.
Royal Pet Mania - Escola de Adestramento. Analista Comportamental de Cães, com formação em Educação Canina na Inglaterra. Membro do British Institute of Professional Dog Trainers da Inglaterra. www.dennismartin.com.br



Fonte: www.greepet.vet.br