Follow by Email

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Aprenda a perdoar



Aprenda a perdoar

Por Roberto Shinyashiki



Destrua o hábito de pensar mal das pessoas e procure concentrar sua atenção nas virtudes delas.

As pessoas são seres imperfeitos em busca da perfeição.

Nessa busca para fugir da dor e criar prazer para si próprias, elas podem nos machucar sem querer.

Como diz Lulu Santos: “Nem sempre é so easy viver”.
Em nossos encontros é inevitável que sejamos machucados e que machuquemos também.

Faz parte da essência humana viver todas as nuanças de emoções, mas devemos lutar para não sermos escravos delas.

É muito triste que, nas dificuldades, a gente fique 
chateado com o mundo.

Faz parte da nossa personalidade ter ciúme, inveja, mágoa, ressentimento, mas não podemos deixar que esses sentimentos tomem conta do nosso coração.

É triste ver alguém que permitiu que as dores de seus relacionamentos amorosos dominassem seu coração e o transformassem numa pessoa amargurada.

Ou observar alguém que, ao notar a evolução do concorrente, deixou a inveja tomar conta de sua alma e drenar a energia que poderia levá-lo a conseguir vitórias.

É fundamental estar sempre de coração limpo.

Deixar no passado as mágoas, os ressentimentos e tudo o que nos impede de trabalhar para realizar nossos sonhos.

Procure definir, no seu íntimo, o melhor caminho para sua vida e se mantenha nele.

Faça o melhor para você, mesmo que isso indiretamente beneficie as pessoas que você imagina que o magoaram.

Perdoar é sempre bom, por maior que seja sua dor.

Por isso, deixe as mágoas no passado.

Como disse Jesus Cristo:

“Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos 
a quem nos tem ofendido”.

Compreenda que, ao se sentir ofendido, você se prende à pessoa que o magoou em vez de libertá-la.

Certo dia, eu conversava com uma amiga cujo marido a abandonou para se casar com outra.

Ela me falou de sua dor e de tudo o que planejava fazer para se vingar dele.

Eu perguntei:
— O que você quer? 
Tê-lo de volta ou machucá-lo o máximo possível?

É importante perceber que machucá-lo não vai aliviar sua dor nem fazê-lo voltar.

Gastar sua energia nessa vingança não vai libertar seu coração para criar o verdadeiro amor para você.

Ele poderá até voltar por causa da culpa, mas trará o inferno junto com ele.

As pessoas com baixa auto-estima procuram destruir as que estão felizes.

Quando alguém tem inveja de uma pessoa, acaba por considerá-la um obstáculo à sua felicidade.

Aja sempre como um ser especial que reconhece a grandeza que existe em cada um.

Destrua o hábito de pensar mal das pessoas e procure concentrar sua atenção nas virtudes delas.

E, principalmente, faça sempre o melhor para você, sem pretender magoar as pessoas que você acredita que lhe causaram mágoa.