Follow by Email

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Para Reflexão











“ A cultura antropocêntrica ensina a tratar os animais como coisas. Permite que pessoas andem a cavalo, explorem vacas, comprem bichos de estimação...

Mesmo em nações ditas civilizadas e no seio de religiões que apregoam a compaixão, usar e abusar dos animais não é socialmente considerado violento ou imoral.

Que cegueira é essa, que levou a raça humana a tamanha truculência?

Como nós, os animais têm medo, ficam angustiados e sofrem quando sentem dor. 

Mais ainda: são plenamente capazes de sentir amor, saudade, ternura, alegria, tristeza, solidão, gratidão, solidariedade, frustração, compaixão... 

Tais semelhanças nos aproximam mais do que nos separaria o fato de os animais não raciocinarem. Sentir é tão importante quanto pensar: eis a grande lição da vida! “

Por um mundo melhor, pelas pessoas, pelos animais e pelo planeta.