Follow by Email

sábado, 2 de abril de 2011

NÃO USEM LASER POINT (CANETA OU PONTEIRA À LASER) PARA “DIVERTIR” SEUS GATOS DOMÉSTICOS



Atualmente o que era uma brincadeira aproveitando uma ocasião, virou brincadeira patenteada. 

Muita gente comenta em seus posts ou nas consultas sobre a reação intensa e aparentemente divertida de seus gatos domésticos diante dos pontinhos vermelhos projetados pela caneta laser ou laser point em superfícies opacas (válido também para vidros de relógios de pulsos refletindo raios de sol ou outra superfície móvel e promotora de reflexo luminoso). 

Eles ficam alucinados, bastante motivados em tentar pegar o pontinho vermelho. 


É preciso lembrar que todas as brincadeiras dos gatos no ambiente doméstico são representações de atitudes instintivas específicas dos gatos. 

Eles brincam de caçar, pescar, predar, capturar e etc. Seja o que for, são imitações da sua natureza, fisiologia, instinto ou como você preferir. 

Alguém já viu na natureza algo que fosse pequeno, intensamente brilhante, vermelho e com tamanha movimentação? Se alguém pensar em um vagalume (ainda que não seja vermelho, pode estar com hemorragia interna – opss, brincadeira!), tenho outra pergunta: você acha que existe algum vagalume que não seja possível de ser capturado? 

Então vamos para o que interessa: gatos que são estimulados com canetas lazer são induzidos a grandes excitações (que até certo ponto exercita, resgata-os da monotonia e pode queimar calorias). 

Porem, ao final o gato será induzido à frustração por JAMAIS conseguir capturar a “presa”. JAMAIS. Ainda que o ponto luminoso estiver estático, o que o gato é capaz de pegar, hein? Nada. 

Atenção para os brinquedos que induzem exercícios que não sejam específicos para os gatos. 

Recentemente têm sido comercializadas ponteiras laser automáticas que emitem constantemente feixes luminosos e que eventualmente param ou desligam e ligam sozinhas. Os gatos que ficam sozinhos em casa podem sofrer de ansiedade e frustração por não conseguirem nunca atingirem o objetivo final. 

Na natureza, nem sempre os passarinhos, ratinhos, lagartinhos e outros bichinhos são pegos, mas eventualmente sim e tornam-se o importante incentivo para novas caçadas. 

Temos que promover brincadeiras interativas inteligentes, pensando no comportamento dos nossos gatos. Lembrem de como os gatos fazem com as bolinhas de papel amassado. Correm atrás da presa (bolinha), jogando-a (presa/bolinha) para cima, se fica em um local de difícil acesso, insistem ate conseguirem. No final quando acham que capturaram, após algumas mordidas (para os gatos, fatais!), inicia-se um período de auto-lambedura (banho depois da caçada) e dormir porque ninguém é de ferro e, ainda, sonhar com a próxima caçada VITORIOSA. 



Finalmente1: laser nos olhos nem pensar!

Finalmente 2: Frustração e Ansiedade em gatos não se reconhecem como sintomas. Quando determinados é através dos seus efeitos físicos. Lambedura excessiva, vômitos crônico, emagrecimento e por ai vamos...



www.clinicaparagatos.blogspot.com

Carlos Gabriel A. Dias MV MSc PhD
Médico Veterinário-CRMV 4897-RJ