Follow by Email

sábado, 26 de junho de 2010

O Grande Monstro Branco !!!

 Galera


Vejam que delícia de historinha....
este prazer só quem tem gatos sabe como é.....





 Cassius-Clay  está para adoção em Salvador e é o autor da historinha....hehehe







A gente (somos 4 pessoinhas-gato, eu Cassius, o Rave, a Jaiane e o Thor), tava brincando na área do hotelzinho da mamãe (mamãe-humana Cris), quando de repente ela chegou pelo lado de fora da tela com um enorme monstro branco e ele se jogou pela fresta da tela sobre nós! Corremos espirrando fuss e nos enfiamos em qualquer lugar sob tralhas e caixas, enfim, e lá ficamos encurralados, esperando o monstro nos atacar, com os coraçõezinhos na boca querendo fugir. Como demorou de mamãe nos salvar... mas não arriscamos nos mexer por horas eternas, quando enfim a porta da cozinha abriu e a mamãe lá apareceu e nós disparamos escada acima e chegamos arfando pra baixo da mesa e do balcão da pia. A mamãe muito corajosa desceu e foi matar o monstro, certamente. Ele deve ter morrido logo pois não ouvimos quase nenhum barulho e a mamãe logo voltou e fechou a porta porque a gente não dever ver essas coisas horríveis, somos crianças ainda. Pronto, a história feia acabou e estamos dormindo, cansadíssimos, cada um num canto do quarto onde a mamãe está teclando (por segurança é melhor ficar por perto dela).
Assinado: Cassius Clay, a lenda do boxe em forma de gatinho tigrado lindo e fofo da mamis!

VERSÃO REAL DA HISTÓRIA (não é traduzido dos miados, é o relato fiel dos fatos):
Gente, eu não podia deixar de contar em duas versões, essa mereceu!
Minha mãe ganhou do mano caçula uma tv lcd 40pol. Ela me deu a caixa pois sabe que uso muito papelão aqui, principalmente quando chove. Veio há pouco trazer isso e logo saiu, ela não suporta gatos, diga-se de passagem. Como minha mãe ia subir para ver meu último quebra-cabeças montado (he-he), retirei os filhotes da sala e deixei-os brincando na área do cat-hotelzinho - área de serviço onde tem o gatil, um pequeno pátio e uma lavanderia.
Depois que ela saiu,  retirei os isopores de proteção que vieram na embalagem para os filhotes brincarem afiando as unhas neles. Como eu estava fazendo isso na garagem, fui pelo acesso lateral ao cat hotel levando os dois compridos isopores brancos feito neve. Assim que cheguei na porta de tela forcei os isopores a passar pela fresta no alto - são compridos porem finos -  e eles cairam lá no pequeno pátio. Foi um horror!  Os filhotes estacaram assustados assim que parei na porta e quando joguei as peças lá, evaporaram correndo e fazendo fuss. Foi um espanto, para mim e para eles. Eu que pensei que pulariam em cima para arranhar e brincar...
Terminei de recolher as coisas e subi. Assim que abri a porta da cozinha, todos, encabeçados por Cassius, que lidera a turminha, subiram a escada correndo e dava pra ver como arfavam, tadinhos. Fiz que nem tava aí, desci, joguei os isopores dentro do gatil onde os gatos adultos aguardavam na maior curiosidade e logo Gwaine estava em cima de uma das peças enquanto Coca e Fanta cheiravam em volta. Deixei-os se divertindo com a novidade e ao chegar na cozinha, havia um filhte sob a mesa e 3 sob a pia, ainda de olhinhos arregalados para mim (fofos!).  Vim logo contar a histório, rindo sozinha dos bobinhos, tadinhos, e eles vieram atras de mim. Um se enroscou na cama, dois sobre os fios da rede - daqui a pouco a internet cai - e outro sobre as roupas no chão de minha filha humana.
Todos estão em fotos individuais no blog gatinhos de salvador, menos Thor - ele é um dos filhotes da mamãe branca, Lady Gaga.
Beijão pra todos!
Cris